Pular para o conteúdo

Dieta para o lipedema: o que incluir e o que evitar

A alimentação para o lipedema pode variar dependendo da pessoa e de suas necessidades nutricionais específicas. No entanto, alguns aspectos gerais podem ser considerados para o planejamento de uma alimentação saudável para o lipedema:

  1. Inclua uma variedade de alimentos de todos os grupos alimentares:
  • Frutas: procure incluir uma variedade de frutas frescas, secas e congeladas, escolhendo preferencialmente as mais ricas em antioxidantes, como frutas vermelhas, amoras, acerola, laranja, tangerina, limão, etc.
  • Vegetais: inclua uma variedade de vegetais frescos, secos e congelados, procurando incluir aqueles que são ricos em fibras, como brócolis, couve, espinafre, alface, repolho, pepino, etc.
  • Proteínas: opte por fontes de proteína vegetal, como grãos integrais, feijão, lentilha, ervilha, tofu, etc., e também por proteínas de origem animal, como frango, peixe, ovos e laticínios magros.
  • Grãos integrais: opte por grãos integrais, como arroz integral, quinoa, aveia, etc., em vez de grãos refinados, como arroz branco, pão branco, macarrão branco, etc.
  1. Limite o consumo de alimentos processados e ultraprocessados:

Evite alimentos que contenham muito açúcar, gorduras saturadas, sódio e conservantes, como refrigerantes, sucos artificiais, salgadinhos, bolachas, biscoitos, etc.

  1. Reduza o consumo de sódio:

O excesso de sódio pode contribuir para o inchaço e a retenção de líquidos, por isso, é importante limitar o consumo de alimentos que são ricos em sódio, como alimentos processados e embutidos, temperos prontos, salgadinhos, etc.

  1. Beba muita água:

Manter-se bem hidratado é importante para a saúde em geral, mas pode ser ainda mais importante para quem tem lipedema, pois ajuda a evitar a retenção de líquidos.

  1. Consulte um nutricionista:

O ideal é que uma alimentação saudável para o lipedema seja planejada por um profissional de nutrição, que poderá avaliar as necessidades nutricionais específicas de cada pessoa e orientar o consumo de alimentos que atendam a essas necessidades.

LEIA TAMBÉM  Transforme o seu lipedema com esses exercícios de ioga

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *