Pular para o conteúdo

Benefícios dos exercícios aquáticos no lipedema

Nesse post você vai saber mais sobre os benefícios dos exercícios aquáticos no lipedema.

Os exercícios são uma parte fundamental na vida de quem tem lipedema.

Acima de tudo, os exercícios aquáticos podem ser uma boa opção para quem tem lipedema e precisa incluir exercícios de baixo impacto na sua rotina.

Confira abaixo os benefícios dos exercícios aquáticos no lipedema.

Benefícios dos exercícios aquáticos no lipedema

Em primeiro lugar, é importante saber o que acontece com a mulher que tem lipedema, para então conhecer os benefícios dos exercícios aquáticos no lipedema.

Essas mulheres geralmente têm problemas de equilíbrio, mobilidade e marcha, esse problema é causado pela distribuição irregular da gordura nos quadris, pernas, coxas e braços.

Além disso, devido a esses problemas o risco de quedas e hematomas se tornam maiores.

Por esse motivo, os exercícios na água que são de baixo impacto são recomendados.

No entanto, não para por aí, esses são alguns dos benefícios dos exercícios aquáticos no lipedema:

  • Evita travamentos ou torções

Por se tratar de exercícios feitos com movimentos de baixo impacto, é mais difícil de ocorrer travamentos ou torções que venham a danificar as partes do corpo que foram afetadas pelo lipedema.

Além disso, evita principalmente que se danifique os joelhos.

  • Promove uma compressão natural

A prática dos exercícios na água promove uma compressão natural nos membros inferiores.

Como resultado, aumenta a circulação e ajuda a reduzir o inchaço.

Essa compressão natural ocorre devido a pressão hidrostática da água que provoca uma grande resistência a qualquer movimento na água promovendo essa compressão.

      ●    Ajuda a diminuir as medidas das áreas com lipedema

LEIA TAMBÉM  Suspiro cíclico: a técnica de respiração de 5 minutos recomendada por pesquisadores

A pessoa que sofre com o lipedema, precisa de bons hábitos como exercícios físicos aliado a uma alimentação saudável para ter uma qualidade de vida maior e auxiliar no tratamento do lipedema.

A prática de exercícios aliado a boa alimentação proporciona não só a diminuição das medidas das áreas afetadas com lipedema como ajuda a tonificar o corpo.

      ●    A água fria é benéfica para circulação

A água fria ajuda a estimular a circulação sanguínea no organismo.

Portanto, é considerada benéfica para a circulação.

  • Melhora os sintomas do lipedema

Um dos benefícios dos exercícios aquáticos no lipedema é a melhora dos seus sintomas.

Já que a prática de exercícios físicos melhora a circulação dos vasos linfáticos, libera endorfinas no cérebro, diminui a sensação de dor, tonifica a musculatura dos membros e tem efeito anti-inflamatório.

Portanto, conclui-se que a prática de exercícios físicos ajuda desde os sintomas psicológicos, até no acúmulo de gorduras e na dor.

Qual é o melhor exercício?

Quando se fala de melhor exercício para lipedema, esses são os mais recomendados:

  • Exercícios aquáticos, como a natação e hidroginástica
  • Alongamento, em alguns casos
  • Caminhada
  • Ciclismo
  • Pilates
  • Tai chi
  • Ioga
  • Bicicleta ergométrica
  • Elíptico
  • Escalador de escada
  • Plataforma vibratória

Os exercícios aquáticos, além de estar na lista de melhores exercícios para lipedema, ainda proporcionam diversos benefícios, como a compressão natural.

Portanto, na hora de escolher qual exercício praticar para ajudar nos sintomas do lipedema, vale a pena levar em consideração os exercícios aquáticos.

Além disso, o seu médico especialista em lipedema pode te ajudar a escolher o melhor exercício para você de acordo com seu gosto e necessidades, já que a depender do caso não é recomendado por exemplo fazer alongamento.

Ou, só é recomendado alguns tipos de alongamento.

LEIA TAMBÉM  Perguntas frequentes sobre lipedema

Acima de tudo, o seu médico será capaz de determinar se será necessário usar meias de compressão durante os exercícios.

Já que, mesmo nos exercícios aquáticos que já proporcionam uma compressão natural, a depender do seu caso, talvez seja necessário o uso das meias.

Cuidados

Em primeiro lugar, é importante entender o que você precisa de acordo com o seu grau ou estágio de lipedema.

Como dito anteriormente, o seu médico especialista em lipedema será capaz de determinar o melhor exercício de acordo com suas necessidades.

É muito importante ter esse cuidado de saber o que você necessita, já que o exercício errado pode agravar mais o problema.

Além disso, tome cuidado com exercícios de alto impacto e que exigem muito esforço, já que esse tipo de exercício pode ser prejudicial, provocando mais inflamações nas regiões afetadas pelo lipedema e podendo causar até algumas lesões.

Para finalizar, lembre-se de manter-se hidratada antes, durante e após a prática dos exercícios físicos, independente do tipo de exercício que esteja praticando.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *